ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Setor de Trânsito NÃO respeita a Legislação nas “LOMBOFAIXAS” divulgadas esta semana pela Prefeitura Municipal de Ourinhos


Diante de uma equipe despreparada, mais irregularidades são encontradas na Gestão do Prefeito Lucas Pocay.

Como principais objetivos, a “lombofaixa” deve dar mais segurança aos pedestres, acessibilidade aos cadeirantes, educando motoristas e motociclistas a trafegarem em velocidade reduzida no local.

Segundo a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito n. 495/14, publicada no Diário Oficial da União de 05/06/14, que “estabelece os padrões e critérios para a instalação de faixa elevada (lombofaixa) para travessia de pedestres em vias públicas”, o setor de trânsito da Prefeitura Municipal de Ourinhos comete diversas irregularidades, como segue:

"Lombofaixa" em frente à escola “Maria do Carmo Arruda da Silva”
  1. A velocidade da via é de 50 Km/hora e deve ser de no máximo 40 Km/hora (o artigo 4º estabelece a necessidade de que a velocidade máxima no local de implantação seja de 40 km/hora, por suas características naturais, ou por medidas para redução de velocidade);
  2. As placas de advertência “passagem sinalizada de escolares”, deve ter a informação complementar “faixa elevada”, antes e junto ao dispositivo, devendo esta última ser complementada com seta de posição, fato este que estão totalmente desconformes com a legislação;
  3. As demarcações em forma de triângulo na cor amarela, sobre o piso da rampa de acesso deve ter 0,50 cm de distância da rampa e foram colocados a apenas 0,25 cm de distância;
  4. A demarcação de faixa de pedestres na área plana, conforme critérios estabelecidos no Volume IV – Sinalização horizontal, do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito (ou seja, é irregular a utilização de cor azul ou vermelha, como fundo da faixa, por não ter previsão nesta norma).

"Lombofaixa" que fica 1 km após à escola “Maria do Carmo Arruda da Silva”

OS ERROS em destaque desta “lombofaixa”, são: Ela não proporcionar NADA de acessibilidade aos cadeirantes, pois a altura da “lombofaixa” está acima da altura da calçada e abaixo da altura do canteiro central, além de não existir rampa entre a calçada e a “lombofaixa”.
  1. A altura da rampa está acima da altura da calçada e deve ser da mesma altura (o inciso IV do artigo 3º da Resolução n. 495/14 ainda reforça o seguinte: as alturas se equivalem apenas se a calçada tiver até 15 cm; se for superior a isto, deve ser feito o rebaixamento da calçada, conforme Norma da ABNT n. 9050);
  2. A velocidade da via é de 50 Km/hora e deve ser de no máximo 40 Km/hora (o artigo 4º estabelece a necessidade de que a velocidade máxima no local de implantação seja de 40 km/hora, por suas características naturais, ou por medidas para redução de velocidade);
  3. As placas de advertência “passagem sinalizada de pedestres”, deve ter a informação complementar “faixa elevada”, antes e junto ao dispositivo, devendo esta última ser complementada com seta de posição, fato este que estão totalmente desconformes com a legislação;
  4. As demarcações em forma de triângulo na cor amarela, sobre o piso da rampa de acesso deve ter 0,50 cm de distância da rampa e foram colocados a apenas 0,25 cm de distância;
  5. A demarcação de faixa de pedestres na área plana, conforme critérios estabelecidos no Volume IV – Sinalização horizontal, do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito (ou seja, é irregular a utilização de cor azul ou vermelha, como fundo da faixa, por não ter previsão nesta norma).

ASSISTA O VÍDEO
(dia de chuva)


FALTA DE SEGURANÇA: Diante da pintura em toda a extensão da "lombofaixa", além dos motociclistas correrem risco de queda, pedestres também correm risco de escorregarem, pois a pintura em toda extensão fica extremamente lisa em dias de chuva.


MANEIRA CORRETA
(ilustração)


FONTE: CONTRAN