ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POVO DE OURINHOS ENGOLE MAIS ESSE AUMENTO NAS TARIFAS PARA VIABILIZAR A CONCESSÃO DO ESGOTO


É preciso questionar esse tipo de aumento num momento como esse, a falta de emprego na cidade de Ourinhos faz com que o povo tenha um sentimento de revolta por perceber uma escravidão assistida pelas ações do prefeito municipal e sua base política de vereadores.

O aumento na tarifa de água e de esgoto foi a forma que a prefeitura municipal de Ourinhos encontrou para viabilizar as obras de tratamento do esgoto nos próximos 35 anos.

O povo de Ourinhos vem pagando seus impostos de forma suada para receber da prefeitura municipal serviços públicos de qualidade, que possam satisfazer as suas necessidades, mas infelizmente a prefeitura municipal não está correspondendo.

E agora com esta Concessão de 35 ANOS dos Serviços Públicos de Tratamento do Esgoto não será diferente, porque quem vai pagar a conta novamente é o povo de Ourinhos.

No dia 11 de dezembro de 2017 o prefeito municipal Lucas Pocay sancionou a Lei Complementar nº 972, que foi aprovada na Câmara Municipal de Ourinhos, em sessão do dia 4 de dezembro de 2017.

No Art. 1º da referida Lei Complementar, ficou decidido que os prédios públicos municipais próprios ou locados que estejam afetados às repartições públicas municipais ou aos serviços públicos da Administração Direta e Indireta municipal ficam isentos do pagamento da tarifa dos serviços de água, esgoto e taxa de coleta de lixo. Já no Art. 6º. Da referida Lei Complementar, não estão incluídos como beneficiários, as associações de bairros, de moradores, entidades religiosas, organizações sociais ou quaisquer outras pessoas jurídicas de direito público ou privado, mesmo que prestadoras de serviço social.

Em resumo, o prefeito municipal tirou o “DELE DA RETA”, deixando mais uma vez o POVO de Ourinhos para PAGAR A CONTA da concessão.

De forma geral a culpa é da boa fé do povo de Ourinhos, que acreditou em promessas de palanque e elegeu o prefeito Lucas Pocay com mais de 34 mil votos e também elegeu doze vereadores da base política do prefeito, com isto os vereadores da oposição que são somente três, não conseguem impedir mais essa concessão.

Vale registrar que além do aumento altíssimo da sua conta de água e esgoto que o prefeito municipal realizou em 2017 para viabilizar a concessão, outros aumentos acontecerão no decorrer dos 35 anos da concessão.

A esperança do povo de Ourinhos é que em 2020 pensem muito antes de votarem em políticos de carteirinha de nossa cidade.