ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PREFEITURA DE OURINHOS MENTE E DEIXA POVO EM RISCO DEVIDO AO ABANDONO


Essa postura da Prefeitura Municipal de Ourinhos o povo já percebeu através de diversos fatos que foram desmascarados pelo Jornalista e Repórter Sérgio Delfino e por outros veículos de comunicação locais.

Após denúncia realizada por Sérgio Delfino e pela imprensa local, de que a ponte do lago do Parque Olavo Ferreira de Sá (FAPI) estaria colocando em risco o povo de Ourinhos, a Prefeitura de Municipal divulgou em sua página oficial no Facebook no dia 7 de fevereiro de 2018, alegando ter dado início na “reforma da ponte do lago do Parque Olavo Ferreira de Sá (FAPI), que foi danificada pelas fortes chuvas ocorridas no fim do mês de janeiro. Todo o material, entre ferragens, cimento e madeiras, estão sendo substituídos. A previsão é que o trabalho seja concluído dentro de um mês.”
Reforçando as afirmações da Prefeitura, o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Sérgio Gaspar, disse “As madeiras que já estão gastas e desbotadas estão sendo substituídas. Assim como os ferros de proteção lateral”


A VERDADE: A ponte está exatamente como na divulgação da reforma. Quase quarenta dias se passaram e se quer um tijolo foi substituído, deixando o povo que frequenta o parque em risco ao utilizar a ponte para travessia. Além do risco no uso da ponte, duas das diversas árvores que estão próximas da ponte, podem cair a qualquer momento.

IRRESPONSABILIDADE: A atitude plausível neste caso é a IMEDIATA INTERDIÇÃO da ponte, mas até o momento essa postura a Prefeitura Municipal de Ourinhos NÃO teve.



Na mesma postagem o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Sérgio Gaspar, disse que, além da reforma da ponte, o Prefeito Lucas Pocay desde o início da gestão, “tem desenvolvido diversas ações de recuperação e revitalização dos espaços e áreas verdes da FAPI.”

A VERDADE: Diante das afirmações do Secretário, fui conferir e encontrei uma situação lastimável, de puro descaso com o parque, principalmente toda a parte ao fundo.



Falando em Parque Olavo Ferreira de Sá (FAPI), o descaso não está somente dentro do parque, mas ao seu redor também. A rua que passa ao fundo do parque, que é uma entrada secundária da cidade de Ourinhos, está intransitável. O mato está altíssimo e o abandono e a falta de fiscalização da prefeitura acabam favorecendo munícipes irresponsáveis a depositem lixo no local.