ÚLTIMAS NOTÍCIAS

INFORMAÇÕES CONTRADITÓRIAS, TENTAM ESCONDER SUPOSTA CAUSA DA MORTE DE GEOVANA?





Segundo o repórter Alisson Negrine do TEM Notícias, a pequena Geovana Guedes Martins, de 4 anos, estava trocando de roupa, quando reclamou de dores no braço. O escorpião estava na manga de uma blusa que ela vestiu. Quando a mãe foi socorrer a garota, também acabou picada.

Jhonatan Batista, o pai de Geovana, informou que "ela pegou, bateu o escorpião no chão e pisou. Aí ligaram imediatamente para a ambulância. Ela foi levada para a UPA, aí de lá, por volta de meio dia e pouco, foi transferida para a Santa Casa. Daí, nove e vinte da noite, veio a óbito."

NOTAS PÚBLICAS

Segundo o TEM Notícias na 2ª matéria, em nota, a coordenação de enfermagem da UPA, informou que solicitou uma vaga na Santa Casa, mas o pedido não foi aceito, já a Santa Casa, informou que não houve negativa e que o caso foi tratado como prioridade.

A Secretária Municipal de Saúde, Cássia Borges Palhas afirmou que Geovana "não apresentava nenhum quadro clínico, né. Então ela chegou, fez todos os procedimentos, é..., diante do protocolo, fez o bloqueio, então ela ficou apenas para fazer a observação dela na UPA, porque ela tem outras complicações de saúde. Então, ela ficou para ser monitorada."

Continua após publicidade...




Além da Secretária Municipal de Saúde de Ourinhos afirmar que Geovana não apresentava nenhum quadro clínico diante de ter sido picada por escorpião, fato este gravíssimo e que necessita de agilidade para salvar a vida, afirmou que manteve Geovana na UPA para ser monitorada, quando a aplicação do soro era EMERGENCIAL.

CONTRADIÇÕES

O percurso da UPA até a Santa Casa, não demora mais que dez minutos, porém Geovana deu entrada na UPA às 8:00 horas (segundo nota da UPA - 1ª reportagem do TEM Notícias) e foi transferida logo após às 12:00 horas (segundo o pai, Jhonatan Batista), contradizendo a informação de que Geovana ficou apenas duas horas na UPA (conforme a 2ª reportagem do TEM Notícias), quando na verdade ficou QUATRO HORAS na UPA até a transferência para a Santa Casa, para a aplicação do soro, fato este que poderia ter pesado muito para salvar a vida de Geovana.


A DÚVIDA

A seguinte pergunta fica no ar: A grande demora para a UPA transferir Geovana e medicá-la com o soro, foi a principal causa para a sua morte?

O pai de Geovana, Jhonatan Batista não se conforma, "foi minha filha, pode ser filha de outra pessoa, pode ser outra pessoa também. Tem que tomar providências para poder cuidar e melhorar."

ESPECIALISTAS

“O Tityus serrulatus , conhecido popularmente como escorpião-amarelo, é um escorpião típico do Sudeste e Centro oeste do Brasil; é a principal espécie que causa acidentes graves, com registro de óbitos, principalmente em crianças”.

Tityus serrulatus , conhecido popularmente como escorpião-amarelo

Para pesquisadores, sua reprodução é partenogenética, na qual cada mãe tem aproximadamente 2 partos por ano com uma média de 20 filhotes cada, chegando a 160 filhotes durante a vida.

Segundo especialistas, a falta de cuidados com a saúde pública por omissão ou negligência em dedetizações que deveriam acontecer com frequência na rede de esgoto que interliga toda a cidade e serve de caminho até as residências, é a principal causa de epidemias e acidentes em todo território nacional.

Exemplo de dedetização da rede de esgoto (não é Ourinhos)

O ambiente úmido e a fartura de alimentos, principalmente baratas, faz do esgoto, o principal ambiente para a procriação de escorpiões.

O esgoto, ambiente úmido e fartura de alimentos, principalmente baratas

CUIDADOS

Rede de esgoto: Todos os acessos à rede de esgoto deve ser bloqueada pois é dali que eles sobem, então o ralo do banheiro deve estar tampado quando não estiver tomando banho e outros ralos ou aberturas que deem acesso a rede de esgoto precisam ser tampadas tão logo não estejam sendo usadas.

Principal porta de entrada de escorpiões em residências


CURTA NO FACEBOOK