ÚLTIMAS NOTÍCIAS

62 MUNICÍPIOS TERÃO REFLEXOS COM A CONCESSÃO DA SP-294, QUE PODERÁ GERAR TRÊS NOVAS PRAÇAS DE PEDÁGIOS




Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294). (Divulgação/Bastos Já)

O projeto de concessão de rodovias paulistas, anunciado em agosto do ano passado e confirmado na sexta-feira (15) pelo governador João Dória (reveja), prevê a instalação de três praças de pedágios na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), no trecho entre Lucélia e Santa Mercedes. A informação foi divulgada na manhã desta terça-feira (19) pelo telejornal Bom Dia Fronteira.


Segundo informou o noticiário, as possíveis três praças de pedágio, no trecho da SP-294 que passa pela região, estariam dispostas em Lucélia, Santa Mercedes e Tupi Paulista.

Na manhã de hoje o SIGA MAIS solicitou essa confirmação à ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), e aguarda posição oficial do órgão.


Outras praças

Ainda segundo o telejornal Bom Dia Fronteira, outras três praças de pedágios seriam implantadas na região do oeste paulista, dentro da atual proposta de concessão, sendo duas delas na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), altura de Martinópolis, e uma delas na Rodovia Homero Severo Lins (SP-284), altura de Rancharia.


Primeira audiência pública será em Osvaldo Cruz

A primeira audiência pública que trata do programa de concessão da SP-294, denominada Lote Piracicaba/Panorama, deve ocorrer dia 12 de março, em Osvaldo Cruz, segundo calendário definido pela ARTESP.

A concessão a SP-294 é dividida em dois lotes. O primeiro, entre Bauru e Marília. Já o segundo contempla o trecho entre Marília a Panorama, com a duplicação até a altura do trevo coma SP-425, em Parapuã, e entre Parapuã a Panorama, a construção de faixas adicionais em pontos específicos da rodovia.


Lote Piracicaba-Panorama tem 62 cidades

Segundo a ARTESP, a concessão rodoviária do Lote Piracicaba/Panorama contempla cerca de 1.200 quilômetros de rodovias que cruzam 62 municípios do interior paulista, dos quais, 417 quilômetros serão duplicados. O investimento previsto fira em torno de R$ 9 bilhões num período de 30 anos.

As 62 cidades do Lote são Cordeirópolis, Santa Gertrudes, Rio Claro, Corumbataí, Itirapina, São Carlos, Brotas, Torrinha, Santa Maria da Serra, São Pedro, Águas de São Pedro, Charqueada, Ipeúna, Piracicaba, Dois Córregos, Jaú, Itapuí, Boraceia, Bariri, Pederneiras, Bauru, Piratininga, Duartina, Cabrália Paulista, Marília, Gália, Alvinlândia, Lupércio, Garça, Vera Cruz, Oriente, Pompéia, Quintana, Herculândia, Tupã, Iacri, Parapuã, Oswaldo Cruz, Salmourão, Inúbia Paulista, Lucélia, Adamantina, Mariápolis, Florida Paulista, Pacaembu, Irapuru, Junqueirópolis, Dracena, Tupi Paulista, Santa Mercedes, Panorama, Paulicéia, Sagres, Martinópolis, Caiabu, Indiana, Presidente Prudente, Rancharia, João ramalho, Quatá, Paraguaçu Paulista e Assis.

FONTE: Bastos Já