ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA IDENTIFICA SUSPEITO DE MATAR JOVEM QUE SUMIU APÓS PRESTAR VESTIBULAR





Segundo a polícia, homem, identificado como Paulo Cesar Manoel, está foragido. Rafaela de Campos foi encontrada no Rio Sorocaba um dia depois de desaparecer.


A polícia identificou o suspeito de matar a jovem Rafaela de Campos, de 19 anos, em Sorocaba (SP). A vítima desapareceu no domingo (26), depois de sair de uma faculdade, no centro da cidade, onde fez uma prova de vestibular. Segundo a polícia, o suspeito, identificado como Paulo César Manoel, está foragido.

O corpo da jovem foi encontrado por pedestres, um dia depois de desaparecer, no trecho do rio próximo à Avenida Nogueira Padilha. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas por volta das 16h30 de segunda-feira (27) para atender à ocorrência.

O laudo do Instituto Médico Legal deve sair em 30 dias, mas, segundo a Polícia Civil, a causa da morte de Rafaela foi afogamento. A polícia investiga o caso como latrocínio.


O corpo da garota foi enterrado na manhã desta quarta-feira (29), em Votorantim (SP).

Imagens de câmeras de segurança de comércios e imóveis da região central de Sorocaba mostram o percurso que a jovem Rafaela de Campos, de 19 anos, fez momentos antes de desaparecer no domingo.

Nos vídeos conseguidos pela TV TEM, Rafaela aparece caminhando sozinha. Ela passa pelas ruas da Penha e XV de Novembro.

Rafaela cursava gestão financeira e fazia a prova para tentar ciências contábeis, segundo familiares que fizeram o reconhecimento do corpo.

Logo após deixar a faculdade onde prestou vestibular, Rafaela mandou áudio para um amigo falando sobre a prova. Pouco depois, ela não respondeu mais as mensagens recebidas.


Em nota à imprensa, a Escola Superior de Marketing e Administração (Esamc) confirmou que Rafaela fez a prova e deixou o local às 18h25.

"Com muita tristeza, solidarizamo-nos com os familiares e amigos de Rafaela. Colocamo-nos à disposição para o fornecimento de todas as informações possíveis, que porventura colaborem com as investigações e solução do caso", diz a nota.

A avó de Rafaela chegou a dizer à TV TEM que, enquanto estava desaparecida, alguém atendeu o celular dela durante ligações da mãe.





FONTE: G1




WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 – WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699