PORTAL DE CONTEÚDO

CASA ROSA REGISTRA QUASE 800 PROCEDIMENTOS NO ÚLTIMO MÊS





A Casa Rosa, unidade de serviços especializados para as mulheres mantido pela Prefeitura de Ourinhos, realizou no mês de maio 772 procedimentos, entre atendimentos de saúde, exames e consultas com especialistas. 


Clínico Geral e Ginecologia foram os mais procurados pelas mulheres, com 90 e 108 procuras, respectivamente. Entre os exames, mamografia (55) e ultrassom transvaginal (30) foram os mais executados. Há ainda os encaminhamentos para especialidades, principalmente para dermatologia, cirurgia vascular e oftalmologia. 

Entre os serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde dentro da Casa Rosa, também estão atendimentos de enfermagem, nutrição, psicólogo e terapeuta. densitometria óssea, EGG, raio-x, e ultrassons de coluna, mamas, tireoide, abdômen e das vias urinárias estão entre outros exames oferecidos. As mulheres também têm à disposição especialistas em cardiologia, neurologia, ortopedia e vascular. No local, é possível ainda fazer exame de Papanicolau e teste rápido de HIV, tudo de graça. 

Para requerer um dos serviços é preciso ser mulher com mais de 17 anos. As interessadas devem comparecer na Casa Rosa, rua  Eduardo Carlos Pereira, 20, na Vila Mano, com o Cartão SUS, RG, CPF e comprovante de residência. 


O horário de funcionamento é das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira e o telefone é o 3322-1130. 

Entre os demais serviços disponibilizados na unidade estão avaliação social, planejamento familiar, teste rápido de sífilis e hepatite, avaliação psicológica e terapia em grupo, terapias manuais, reunião de equipe multidisciplinar, orientação para autoexame de mama, orientação e colocação de DIU e avaliação e orientação para a saúde da mulher. O prédio conta ainda com espaço para vacinação de crianças e brinquedoteca. 

A unidade oferece também, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, cursos de dança do ventre e reike, além da técnica de vivência denominada “constelação familiar”. Há ainda o curso de artesanato.

FONTE: Assessoria de Imprensa




WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 – WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699