PORTAL DE CONTEÚDO

MENOR BEBÊ DO MUNDO SOBREVIVE E VOLTA PARA CASA COM SEUS PAIS




O menor do mundo por ter nascido com um peso semelhante ao de uma maçã grande



A bebê chamada de Saybie, considerada o menor do mundo por ter nascido com um peso semelhante ao de uma maçã grande, sobreviveu depois de passar quase cinco meses em um hospital em San Diego (Estados Unidos) e volta para casa com seus pais.


A pequena nasceu em dezembro de 2018, a 23 semanas e três dias de gestação, medindo 22,86 centímetros e pesando 245 gramas.

Em 29 de maio, um dos maiores hospitais do estado da Califórnia, Sharp Mary Birch Hospital for Women & Newborn, assinalou que, depois de uma estadia de quase cinco meses na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (NICU, na sigla em inglês), a bebê de agora 2,54 quilogramas e 40,64 centímetros teve alta em um estado saudável.

“Depois de experimentar complicações graves na gravidez, a mãe de Saybie deu à luz por cesárea de emergência às 23 semanas e 3 dias de gestação no útero. Uma gravidez típica dura 40 semanas. Os médicos disseram que o parto prematuro era necessário depois que descobriram que a bebê não estava aumentando de peso e que a vida de sua mãe estava em risco imediato”, disse o hospital em um comunicado de imprensa.


Do mesmo modo, o centro médico informou que os especialistas trabalharam arduamente para estabilizar a recém-nascida antes de ser transferida para a unidade de cuidados intensivos. Esta foi considerada “micro prematura”, por ter nascido antes das 28 semanas de gestação.

“Estes recém-nascidos prematuros enfrentam uma variedade de desafios médicos que ameaçam a vida e sua taxa de sobrevivência se vê muito comprometida. Saybie não experimentou praticamente nenhum dos desafios médicos tipicamente associados aos ‘micro bebês prematuros’, que podem incluir hemorragias cerebrais e problemas pulmonares e cardíacos”, disse o hospital.

Acredita-se que Saybie é a menor recém-nascida que sobrevive no mundo, segundo o Registro oficial dos Menores Bebês da Universidade de Iowa. O menor bebê anteriormente, nascido na Alemanha em 2015, pesava oficialmente sete gramas a mais.

FONTE: Women & Newborns

Crédito de imagem: Sharp Mary Birch Hospital




WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 – WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699