ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VEREADORES QUEREM DIMINUIR SALÁRIOS DE 5 MIL PARA 1,5 MIL NA REGIÃO




Marcelo Molini defende que os atuais subsídios caiam dos R$ 5.027,00 para R$ 1.500,00 mensais. (Foto - Divulgação/Tribuna do Vale)

🌐 A redação | Ourinhos/SP


Os vereadores Marcelo Baggio Molini e Sarita Baggio de Matos (DEM) e Vanderlei Luiz de Carvalho (PSD) pretendem apresentar na Câmara Municipal de Ribeirão Claro, Projeto de Lei propondo a redução dos subsídios dos nove membros da Casa, dos atuais R$ 5.027,00 para R$ 1.500,00. Eles explicam a iniciativa assinalando que o Município vive uma histórica crise financeira por conta das quedas sucessivas de arrecadação tributárias, justificando, inclusive, que o próprio prefeito Mario Augusto Pereira (PSC) tome a iniciativa de propor a redução do salário dos ocupantes de departamentos e secretarias.  


“Olá amigos e amigas, como todos sabem, nosso país, nosso estado e nossa cidade estão passando por momentos muito difíceis. Ribeirão Claro hoje está passando por uma dificuldade financeira devido à queda de receita. Um exemplo: foi retirado o incentivo da Lei 02, que beneficiava o comércio de nossa cidade. Conhecemos a realidade de nossa cidade, onde nossos comerciantes, empresários e prestadores de serviços estão passando por dificuldades devido à situação atual”, diz um texto publicado pelos vereadores nas redes sociais para justificar a redução dos subsídios. 


Mais adiante os autores da proposta assinalam que “o turismo é uma realidade em nosso município, vem crescendo dia após dia, graças à coragem e a garra dos pequenos e grandes empresários, os quais não medem esforços para que este sonho se torne realidade. Diante dessa situação, nós vereadores Marcelo, Sarita e Vanderlei “e aqueles que queiram participar” chegamos à conclusão que podemos colaborar com o crescimento de nossa cidade baixando o salário dos vereadores de R$ 5.027,00, bruto, para R$ 1.500,00”.

Com a medida esperam economizar R$ 403.000,00 por ano, dinheiro que poderia ser aplicado em melhorias para a população. “Assim podemos fazer nossa parte junto a nossa população e aplicar mais recursos onde há necessidade. Esperamos que o poder Executivo faça sua parte e enxugue gastos desnecessários”, observa Marcelo Molini.


Proposta eleitoreira

O prefeito Mário Augusto Pereira, que é adversário político de Marcelo Molini, em declaração que enviou pelo aplicativo WatsApp foi taxativo em defender o salário dos servidores ocupantes de cargos comissionados, assinalando que seus assessores trabalham muito e recebem os menores salários da região.

Ele critica o projeto de Molini, classificando a iniciativa como “medida eleitoreira”, pois durante sete anos ele recebeu os atuais salários sem reclamar. “Quanto aos salários dos vereadores é um assunto que compete à Câmara e não vou me manifestar, mas com relação à remuneração dos funcionários ocupantes de cargos de confiança, não vou mexer, pois trabalham muito e recebem os menores salários da região”, assinalou.

FONTE: Tribuna do Vale




WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 – WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699 - WHATSAPP (14) 99606-1699