ÚLTIMAS NOTÍCIAS

JOVEM DE VG CONTRAI DOENÇA APÓS FUMAR NARGUILÉ E ALERTA: 'Abandonem essa porcaria'




Mara Maysa deu entrada na UPA do Ipase no início de janeiro com quadro de pneumonia, água no pulmão e infecção no rim direito

Jovem ficou internada na UPA de VG por vários dias. (Foto - Divulgação/Repórter MT)

🌐 A Redação | Ourinhos/SP


A jovem Mara Maysa, 18 anos, ficou internada por vários dias na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, em Várzea Grande (MT), fez um desabafo emocionante nas redes sociais, no início de janeiro, para que fumantes abandonem o narguilé e o cigarro.

Ela foi diagnosticada com água no pulmão e infecção no rim direito e culpa, principalmente, o narguilé pelo quadro clínico.


Mara chama atenção para um problema social grave, entre os jovens, uma vez que objeto usado para fumar tabaco aromatizado pode causar muitas outras doenças.

“Estou com água no pulmão e infecção no rim direito, tem dias que estou com o dreno e tudo isso aconteceu por causa de uma pneumonia. O que agravou na grande quantidade de líquido foi uma porcaria chamada Narguilé”, explica.


No trecho do depoimento, redigido do leito hospitalar, Mara Maysa dá um ultimato para quem não deseja passar pelo que ela está vivendo neste momento e pede para que abandonem o hábito de fumar, quando de forma simples e linguajar jovem diz: “Compartilhe essa publicação para chegar no máximo de gente possível. Meu último aviso para você que fuma (NARGUILE OU CIGARRO) pare. Não estou viralizando ou dizendo que todo mundo um dia pode passar por isso, mas evite”, escreveu.

A garota finaliza o pedido com o alerta: “Isso aqui não é um sofrimento é uma TORTURA” (sic.).


A paciente ainda não tem previsão de alta e nem data para tirar o dreno que usa para expelir o líquido do pulmão. Embora o quadro tenha melhorado um pouco, a jovem passou a sentir dores e o médico ainda não descobriu a causa. 

Mara precisará ser transferida da UPA para o Pronto-Socorro Municipal, onde fará exame de tomografia e será avaliada por outro médico.

“Era para eu ser transferida ontem, mas não depende somente da UPA e sim do PSM. Quem depende do SUS sabe o quanto é difícil. A dor que sinto é sem explicação, não consigo nem me ajeitar mais na cama e desde ontem não consigo sentar para comer, muito menos levantar para ir ao banheiro. Trocaram toda a minha medicação, agora estou tomando morfina, que deveria ter 6 horas de efeito, mas em mim não passa de 4 horas”, depoimento de Mara.


Do hospital, por meio da janela que as redes sociais abrem para o mundo, a jovem pede orações e fé a todos a quem o relato chegar.

“O objetivo da minha publicação é pedir mais uma vez de todo meu coração, que independente de qualquer religião ou crença, orem e rezem por mim. Peço que depositem toda a sua fé nas orações porque não aguento mais ficar aqui, quero melhorar logo e voltar para casa”, finaliza.

FONTE: Repórter MT (clique aqui)